SIMECAN e os Cookies - Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação.
Confira a Política de Privacidade

Covid-19: veja como será a vacinação em Canoas nesta semana


 

Começa nesta segunda-feira (14) a vacinação contra a Covid-19 para a população de 54 anos. As doses estarão disponíveis em 26 unidades básicas de saúde (UBSs), das 8 às 12h.

Na terça-feira (15), será a vez dos canoenses de 53 anos e, na quarta-feira (16), a idade baixa para 52 anos. Para a população de 51 anos, a vacinação estará disponível a partir de quinta-feira (17). As novas faixas etárias se somam aos grupos que já vêm sendo imunizados pela Secretaria Municipal de Saúde. Segue nas unidades básicas a vacinação das pessoas com comorbidades e deficiências permanentes.

Ao longo da semana, haverá a inclusão de dois novos grupos prioritários previstos no Plano Nacional de Vacinação: trabalhadores da indústria e da limpeza pública. O cronograma foi definido com base na previsão de recebimento de novas doses pelo município nos próximos dias.

A Secretaria da Saúde disponibiliza os seguintes canais de comunicação para esclarecer dúvidas sobre a vacinação: 0800 647 0156 e o WhatsApp (51) 3425-7623 – ZAP Saúde Canoas.

Cronograma de vacinação

Segunda-feira (14)

População a partir de 54 anos

Horário: 8h às 12h

Locais: 26 UBSs (confira a listagem abaixo)

Documentação necessária: documento de identidade com foto e CPF e comprovante de residência.

 

Terça-feira (15)

População a partir de 53 anos

Horário: 8h às 12h

Locais: 26 UBSs

Documentação necessária: documento de identidade com foto e CPF e comprovante de residência.

 

Início da vacinação de trabalhadores de indústrias de Canoas

Locais: sede das empresas

 

Quarta-feira (16)

População a partir de 52 anos

Horário: 8h às 12h

Locais: 26 UBSs

Documentação necessária: documento de identidade com foto e CPF e comprovante de residência.

 

Trabalhadores da limpeza pública

Locais: sede das empresas

 

Quinta-feira (17)

População a partir de 51 anos

Horário: 8h às 12h

Locais: 26 UBSs

Documentação necessária: documento de identidade com foto e CPF e comprovante de residência.

 

Endereços das UBSs:

 

UBS CAIC – Rua Vinte e Um de Março, 100, Setor 4 A, Guajuviras

UBS Guajuviras – Av. 17 de Abril, 1991, Guajuviras

UBS Igara – Rua Dr. Alfredo Ângelo Filho, 68, Igara

UBS Santa Isabel – Rua Coronel Vicente, 191, Centro

UBS São José – Rua João Pessoa s/n°, São José

UBS São Vicente – Rua Valter de Oliveira Ilha, 90, Estância Velha

UBS Estância Velha – Rua São Mateus s/n°, Estância Velha

UBS Harmonia – Rua Machado de Assis, 201, Harmonia

UBS Santo Operário – Rua da Associação, 331, Vila Cerne

UBS São Luis – Rua Teófilo Otoni, 268, São Luis

UBS União – Rua São Borja, 395, Mathias Velho

UBS Cerne – Rua Eng. Kindler, 1460, Vila Cerne

UBS Natal – Rua Nossa Senhora da Conceição, 285, Harmonia

UBS Praça América – Av. Rio Grande do Sul, 420, Mathias Velho

UBS Olaria – Rua Alberto Rodrigues de Oliveira Alves, 25, Olaria

UBS Central Park – Av. das Canoas, 272, Central Park

UBS Mato Grande – Rua República, 460, Mato Grande

UBS Concoban – Rua Rodrigues Alves, 769, Niterói

UBS Niterói – Rua Marechal Rondon, 132, Niterói

UBS Fernandes – Rua Gomes Freire de Andrade, 1036, Niterói

UBS Nova Niterói – Rua Quaraí, s/nº, Niterói

UBS Primeiro de Maio – Rua 1º de Maio, 534, Niterói

UBS Boa Saúde – Rua Boa Saúde, 1640, Rio Branco

UBS Fátima/Prata – Rua Buttembender, 244, Fátima

UBS Pedro Luiz da Silveira – Rua Mauá, 1724, Rio Branco

UBS Rio Branco – Rua Edgar Fritz Müller, 83, Rio Branco

 

Atenção: Não haverá vacinação na UBS Imaculada, no bairro Rio Branco, onde ocorrem obras para a reabertura da UPA do Idoso no local.

Fonte: Escritório de Comunicação da PMC - Foto: Tony Capellão

 

Curta e compartilhe:

Comenta aí, esse conteúdo foi útil para você?

Confira também:

3ª Sessão de Negócios promovida pelo Simecan e Sebrae gera perspectiva de vendas superior a 7 milhões

3º Encontro de Negócios Metalmecânico Canoas acontece nesta terça-feira na Casa Blue Moon

A situação da indústria após a paralisação dos caminhoneiros